Política de qualidade

A Santa Casa da Misericórdia de Espinho adotou o referencial normativo NP EN ISO 9001 – Sistemas de Gestão da Qualidade, para a certificação dos seus serviços garantindo o compromisso com a qualidade e melhoria continua. Esta certificação abrange, de momento, as seguintes áreas: Consultas de Especialidade na COGE, Consultas e técnicas laboratoriais para procriação Medicamente Assistida na COGE, Creche e Pré-escolar.

A Santa Casa da Misericórdia de Espinho, está empenhada em desenvolver um conjunto de medidas tendentes a satisfazer os anseios de todos aqueles com os quais interage. Neste sentido, optou pela adoção de uma política da qualidade consentânea.

Pretende-se com a implementação do Sistema de Gestão Integrado: 

  • Aumentar o grau de satisfação dos nossos utentes e públicos internos;
  • Promover ações de formação, e incentivo à autoformação e aprendizagem ao longo da vida, dada a importância de dispormos de colaboradores informados e formados para seu desiderato de constante melhoria; 
  • Manter a atenção especial ao impacto ambiental das medidas/soluções adotadas (ex. racionalização energética, redução na produção de resíduos e promoção de uma cultura ambientalmente equilibrada); 
  • Defender a sustentabilidade da Instituição como um todo, nomeadamente, assegurar adequado equilíbrio económico/financeiro; 
  • Cumprir com os requisitos legais, éticos e deontológicos estabelecidos pelas entidades oficiais e reguladoras do exercício das atividades que desenvolvemos, sempre orientadas para a satisfação das necessidades e segurança dos utentes, de modo, a assegurar a melhoria contínua da eficácia do sistema de gestão da qualidade; 
  • Manter e desenvolver áreas de intersecção com a comunidade seja através de diversas iniciativas, a partilha da experiência de vida entre todos. 
  • Promover a melhoria contínua da prestação dos serviços, onde se inclui a adoção de melhores práticas, ao nível dos idosos, da infância e da saúde, de acordo com as necessidades e expectativas dos mesmos; 
  • Desenvolver uma cultura de observação, avaliação, monitorização e planeamento ao nível do pessoal para uma prestação de serviços de elevada qualidade. 

A Mesa Administrativa assume a responsabilidade de apoiar a implementação e liderança de um Sistema de Gestão Integrado da Qualidade e Segurança Alimentar segundo a Norma Portuguesa NP EN ISO 9001 e NP EN ISO 22000, com o objetivo claro de aumentar e confirmar a satisfação dos seus públicos internos e externos.